Almanaque No 06

O delírio como “desinserção” da linguagem

Hebe Tizio
Almanaque Online © 2006-2018