Normas

I. Apresentação

A Revista Almanaque on-line é uma publicação do Instituto de Psicanálise e Saúde Mental de Minas Gerais (IPSM-MG). Publicamos artigos originais nacionais ou estrangeiros, tais como: relatos de pesquisa em psicanálise aplicada; trabalhos de elucidação clínico-conceitual relacionados à obra de Freud, ao ensino de Lacan e seus desdobramentos no âmbito da história da psicanálise; textos produzidos por inscritos no Curso de Psicanálise ou nos Núcleos de Pesquisa deste Instituto; entrevistas; resenhas e artigos relativos à teoria, à clínica e à política de orientação lacaniana.

II. Critérios para publicação de contribuições

Os artigos, ensaios e resenhas, destinados ao Almanaque on line deverão ser inéditos, em língua portuguesa e serão apreciados pela Comissão Editorial, segundo o rigor epistemológico, a pertinência clínica e a relevância política para o ensino e a transmissão da psicanálise no IPSM-MG. Esta Comissão poderá fazer uso de consultores ad hoc a seu critério. Os autores serão notificados da aceitação ou recusa de seus artigos no período máximo de dois meses.

Caso sejam recomendadas modificações no texto, o autor será notificado e encarregado de providenciá-las, devolvendo o trabalho reformulado no prazo máximo de trinta dias.

As informações contidas nos textos publicados no Almanaque on-line são de inteira responsabilidade dos autores.

III. Ineditismo do material

A inclusão do artigo na revista implica a cessão imediata e sem ônus dos direitos de publicação no Almanaque on-line, que terá exclusividade de publicá-las em primeira mão. O autor continuará a deter os direitos autorais para publicações posteriores.

IV. Envio do material

O autor deverá enviar o trabalho pela Internet para o seguinte endereço eletrônico: ipsmmg@institutopsicanalise-mg.com.br, assunto: Almanaque on-line.

Folha de rosto – Título em português. Nome do autor, seguido de créditos acadêmicos e profissionais. Endereços postal e eletrônico do autor, número de telefone e/ou fax.

Folha de resumo – Resumo em português, com cem palavras, aproximadamente. Palavras-chave em português (no mínimo três e no máximo cinco palavras). Título em inglês, compatível com o título em português. Abstract em inglês, compatível com o texto do resumo. Keywords em inglês, compatíveis com as palavras-chave.

Texto – O texto deverá apresentar o título do trabalho e conter 13.000 caracteres com espaços. Fonte Verdana, tamanho 10, espaço 1.5.

Padrão das notas – As notas deverão ser colocadas ao final do texto e deverão reduzir-se ao mínimo indispensável.

Revisão de português – Os autores serão responsáveis pelo custo da revisão de português, a ser feita pelo profissional indicado pelo Almanaque on-line, dos artigos acolhidos para publicação.

V. Citações e referências no corpo do texto 

Citações 

* Literais até 3 linhas: devem ser inseridas no parágrafo entre aspas, sem alterações do tipo de letra.

Ex.:

Em 1892, Freud afirma que “transforma-se em trauma psíquico toda impressão que o sistema nervoso tem dificuldades em abolir por meio do pensar associativo ou da reação motora” (FREUD, 1892, p. 216).

* Com mais de três linhas: devem ser colocadas em parágrafo diferenciado, alinhadas à direita, com recuo de três centímetros à esquerda, entre aspas, em Verdana tamanho 09.
Ex.:

“O desenvolvimento do eu consiste num afastamento do narcisismo primário e dá margem a uma vigorosa tentativa de recuperação desse estado. Esse afastamento é ocasionado pelo deslocamento da libido em direção a um ideal do eu imposto de fora, sendo a satisfação provocada pela realização desse ideal” (FREUD, 1914, p. 117).

Referências 

A referência a autores deverá ser feita no corpo do texto, mencionando somente o sobrenome, acrescido do ano da obra e da página, se houver.

Ex.: (FREUD, 1985), (FREUD, 1920, p. 56).

No caso de textos ou obras cuja edição seja importante, colocar o ano do texto ou da obra seguido do ano da edição utilizada, acrescentando a página, se houver.

Ex.: (FREUD, 1914/2004), (FREUD, 1914/2004, p. 113)

No caso de haver coincidência de datas de um texto ou obra, distinguir com letra (FREUD, S., 1895a, 1895b…), respeitando a ordem de entrada no artigo.

No caso de compilação de textos de um mesmo autor em uma obra, colocar o ano do texto seguido do ano da edição da obra utilizada, bem como da página, se houver.

Ex.: (LACAN, [1965] 1996, p. 864)

No caso de dois autores, citar ambos os nomes

Ex: (MILLER et LAURENT, 1997)

No caso de vários autores, somente o primeiro deverá ser citado:

Ex.: (MILLER et al, 1997)

No caso de citações textuais, entre aspas, as referências deverão ser acrescidas da página.

Ex: (FREUD, 1895, p. 345)

VI. Referências bibliográficas utilizadas 

 Devem ser colocadas ao final do texto e vir em ordem alfabética, pelo último nome do autor em maiúscula, seguido apenas das iniciais do nome ou do nome escrito somente com a primeira letra em maiúscula.

Ex.: FOUCAULT, M.

FREUD, Sigmund.

Devem obedecer à seguinte ordem de itens: 

Livro – Sobrenome em caixa alta, iniciais do autor, ano em que foi escrito e título em negrito. Cidade: editora, ano da edição.

Ex.: LACAN, J. (1969-70) O Seminário. Livro XVII: O avesso da psicanálise. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1991.

Artigo de livro – Sobrenome em caixa alta, iniciais do autor, título entre aspas, seguido de vírgula e da palavra In: nome do coordenador/organizador, (sem itálico) e o título do livro em negrito, cidade, editora, ano da edição.

Ex.: COTTET, S. “Efeitos terapêuticos na clínica psicanalítica hoje”, In: COELHO DOS SANTOS, T. (Org.), Efeitos terapêuticos na psicanálise aplicada. Rio de Janeiro: Contracapa, 2005.

No caso de um artigo cuja edição seja importante, colocar o ano do texto ou da obra seguido do ano da edição utilizada.

Ex.: FREUD, S. (1914/2004). “À guisa de introdução ao narcisismo”, In: Obras completas de Sigmund Freud. Escritos sobre a psicologia do inconsciente – 1911-1915, Rio de Janeiro: Imago, vol. 1, p. 97-131.

Artigo de revistas – sobrenome em caixa alta, iniciais do autor, ano da edição entre parênteses, título entre aspas, nome da revista em negrito, cidade: editora, número, volume (se houver), ano, páginas (usar “p.” para o singular e o plural).

Ex.: LACAN, J. “Proposição de 9 de outubro de 1967 – primeira versão”, Opção Lacaniana, São Paulo: Eólia, n. 16, 1996, p. 5-12.

Capítulo ou parte de livro – sobrenome em caixa alta, iniciais do nome do autor, título da parte entre aspas, inserir In: seguido do título do livro em negrito, cidade: editora.

Ex.: LACAN, J. (1946/1996) “Propos sur da causalité psychique”, In: Écrits. Paris: Seuil.

Obras retiradas de meios eletrônicos (CD-ROM, disquetes, etc.) – sobrenome em caixa alta, iniciais do nome do autor, título da obra em negrito, acrescidos das informações relativas à descrição física do meio eletrônico.

Ex.: KOOGAN, A.; HOUAISS, A. (ED.) Enciclopédia e dicionário digital 98. Direção geral de André Koogan Breikmam. São Paulo: Delta: Estadão, 1998. 5 CD-ROM.

Obras consultadas on line – sobrenome em caixa alta, iniciais do nome do autor, ano da edição entre parênteses (se houver); título da obra em negrito, acrescido das informações relativas ao endereço eletrônico apresentado entre os sinais <>, precedido da expressão Disponível em: e a data de acesso ao documento precedida da expressão Acesso em:

Ex.: ALVES, Castro. (2000) Navio negreiro [S.I]: Virtual Books. Disponível em
http://www.terra.com.br/virtualbooks/freebook/port/Lport2/navionegreiro.htm. Acesso em: 10 jan. 2002.

Almanaque Online © 2006-2017