Dora

[
mar
05

O amor pelo pai na histeria

Quem, como eu, invoca os mais maléficos e maldomados demônios que habitam o peito humano, com eles travando combate, deve estar preparado para não sair ileso desta luta. (Freud, 1905, Caso Dora, p. 75)   Em 1977, Lacan finaliza Considerações

Almanaque Online © 2006-2018