Pais

[
jul
31

O manejo da transferência diante da demanda dos pais

Partindo da leitura de Freud e Lacan e dos impasses na experiência clínica, debatemos as possibilidades de tratamento da criança. Destacando a colocação de Lacan sobre a criança responder ao que há de sintomático no par parental, percebemos a importância de escutar os pais para que a análise da criança seja possível. Apostamos na transferência como possibilidade de construir laços, com a criança e com os pais, para que o tratamento seja possível. Discutimos a possibilidade de interpretar, bem como os tratamentos interrompidos, as dificuldades, a resistência, a posição do analista e a construção de possíveis soluções.

[
set
15

Pais e mães atuais: a ciência como partenaire

Este trabalho examina quais são as novas configurações da paternidade e maternidade na atualidade. O fato de a fertilidade humana se encontrar sob o domínio irrestrito da ciência mostra-se no esforço que se realiza em nossos dias para deslocar o ponto real da origem de cada ser falante ao “princípio da transparência” da ciência. Ignora-se “a malformação do que foi o encontro falido entre os desejos que, a cada um de nós, nos empurrou ao mundo”, e isso deixa consequências. Novas ficções científicas e jurídicas são necessárias para nos dizer o que são pai e mãe hoje em dia.

Almanaque Online © 2006-2018